A ideia de criar uma Escola Piloto de Computação – EPiC – surgiu do fato de as grades dos cursos de graduação da área de Computação geralmente não conseguirem manter-se atualizadas de acordo com as demandas do mercado. Isso acontece, principalmente, em função da velocidade com a qual mudanças ocorrem no ambiente da indústria.
A EPiC tem, então, o intuito de preencher esta lacuna existente entre o que aprendemos durante a graduação e o que é de fato utilizado no mercado de trabalho, desde tecnologias que são amplamente adotadas e não estão na grade, novidades promissoras na área de TI, até a forma como empresas esperam que um funcionário se comporte no dia a dia.

ciclo-light-cortado
Organização do preparo de um curso pela EPiC

A Escola Piloto é uma organização criada e mantida por alunos da graduação que conta com o apoio e supervisão de professores do Departamento da Computação. O nosso objetivo é oferecer cursos que ajudem a complementar e enriquecer a formação dos estudantes.
As atividades da EPiC são bem definidas e sequenciais, e ocorrem da seguinte forma:

  • Escolha do Tema: São consultadas empresas, professores e alunos para definir qual (ou quais) tema(s) serão abordados durante o curso.
  • Estudo e Planejamento: Os membros da EPiC estudam o(s) tema(s) escolhido(s) para preparar o curso. Este processo inclui a escolha dos métodos a serem utilizados, oferta de aulas experimentais, criação de apostilas, definição de possível enfoque a ser aplicado no curso, entre outros passos.
  • Repasse do Conhecimento: Esta é a fase final do ciclo, na qual utilizamos todo o conhecimento adquirido e material preparado ao longo do semestre e repassamos da melhor forma possível aos alunos do curso. Ao final desta fase, temos também a coleta do feedback dos alunos para que possamos melhorar as próximas ofertas.

 

Anúncios